sexta-feira, 19 de junho de 2009

Primeiro os jornalistas... depois nós?

A polêmica decisão do STF de derrubar a exigência do diploma de jornalista para o exercício da profissão poderá se extender a outras profissões. É o que afirma uma reportagem publicada hoje pelo Yahoo Notícias. Segundo o presidente do STF Gilmar Mendes, a decisão tomada deverá criar um "'modelo de desregulamentação'" das profissões que não exigem aporte científico e treinamento específico. 'A decisão vai suscitar debate sobre a desregulamentação de outras profissões. O tribunal vai ser coerente e dirá que essas profissões podem ser exercidas sem o diploma'. Há, segundo o ministro, vários projetos sobre o tema no Congresso, que, se chegarem ao STF, terão a mesma interpretação dada à questão do diploma de jornalismo".

Assim que li esta reportagem a primeira coisa que pensei foi: será que existe o risco da profissão de Psicólogo ser também desregulamentada? Acredito que não, afinal, teoricamente (e isto é muito discutível, eu sei) a Psicologia é uma ciência - muito embora também não o seja majoritariamente. O fato é que certamente desregulamentar nossa profissão pioraria substancialmente o que já está ruim. A quantidade de profissionais mal-formados fazendo merda por aí já é muito grande. Agora imagine se abrirem a porteira e qualquer um poder se dizer psicólogo e atuar como tal - seja lá o que "ser psicólogo" seja. Seria definitivamente o caos. Não que isso não aconteça hoje (afinal "todo mundo é um pouco psicólogo", não é?), mas certamente pioraria demais. A regulamentação da nossa profissão em 1962 foi uma conquista muito grande para nossa categoria e não podemos de forma alguma sequer pensar em perdê-la. Não acho que isso acontecerá, mas cuidado nunca é demais... afinal o risco é vermos por toda parte placas como a da imagem acima. E isso não seria nada bom!
Comentários
3 Comentários

3 comentários:

Luciana Alexandra C. Coutinho disse...

Boa tarde,
Transcrevi seu post para o meu blog mas coloquei um link com seu endereço e mencionei que foi retirado daqui ok?
Inclusive ja há um link fixo no meu blog indicando o seu.....
Grande abraço.
Luciana Coutinho

Patricia disse...

Felipe,
Saudades...
Bom, quanto ao seu post, acredito, assim como você, que não corremos este risco pelo fato de a Psicologia ser considerada como uma profissão da área da saúde - e estas, com certeza, estão livres desse absurdo de desregulamentação!
bjuus,
Pati

magnani disse...

Olá sou estudante de psicologia e estou no 1º semestre no Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio em Itu-SP, e criei um blog como diário de pesquisa para meu memorial, endereço é paulomagnani.blogspot.com, com o nome de PSICO IDEIAS.Achei o seu blog por acaso por causa da imagem que voce usou e concordo com a sua postagem a respeito da reportagem e gostaria de ter mais interação com profissionais da psicologia.
Meu e-mail é paulomagnani.psicologia@gmail.com
Um abraço