quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Reducionismo cerebral


Esta imagem me lembrou a famosa frase ultra-reducionista do biólogo inglês Frances Crick (1916-2004), em seu livro A hipótese espantosa: "Você, suas alegrias e tristezas, suas lembranças e ambições, seu senso de identidade pessoal e livre-arbítrio, não são mais do que o comportamento de um imenso conjunto de células nervosas e suas moléculas associadas. Como diria a Alice de Lewis Carroll, 'você não passa de um baralho de neurônios'". Será que somos somente isso?
Comentários
5 Comentários

5 comentários:

Anônimo disse...

Primeiramente adorei o blog. Sinceramente, estou frustrado e ao mesmo tempo muito contente,pois recentemente fui aprovado no vestibular da Unitri para cursar psicologia. O que me preocupa é se realmente quero fazer psicologia. O que você diria para mim a respeito do curso? O que posso esperar do curso? Atenciosamente, João Carlos Felix.

Anônimo disse...

Skinner says: "Reinforcement size matter." - http://imgur.com/thLQf

Romario Gomes disse...

Minha professora um vez fez uma pergunta reflexiva sbore o assunto:
"São nos níveis dessas substâncias que causam essas doenças, ou a doença que faz que esses níveis variem?"

Essa é a grande questão da neurologia das emoções.

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Unknown disse...

Sim, somos somente isso