terça-feira, 29 de julho de 2008

Psicólogo argentino é acusado de pedofilia

Notícia bizarra publicada ontem no Portal Terra:

Professor acusado de pedofilia é afastado de universidade
BUENOS AIRES - A Comissão de Pós-Graduação da Faculdade de Psicologia da Universidade de Buenos Aires resolveu aplicar uma suspensão a Jorge Corsi, um psicólogo detido sob acusações de liderar um grupo de pedófilos na capital argentina. Durante uma reunião, a comissão decidiu "suspender provisoriamente o professor Jorge Corsi, até que se esclareçam os fatos denunciados e que estão sendo investigados pelas autoridades", informou um comunicado. Três homens estão detidos por suspeita de envolvimento com o caso: o psicólogo Jorge Corsi, 62 anos, o professor de música Marcelo Rocca Clement e o professor de educação física Augusto Correa.De acordo com as informações, os suspeitos podem ser condenados por abuso sexual e associação ilícita.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário: